Imagem do buraco negro em alta resolução (4k)

Conteúdos

Link oficial em 4k da imagem (pode ser usado como papel de parede ou wallpaper do seu celular):
https://www.nsf.gov/news/special_reports/blackholes/downloads/A-Consensus.jpg

Link oficial da foto em RAW (.tif): https://www.eso.org/public/archives/images/original/eso1907a.tif

Espelhos para download:

O que é

É a sombra de um buraco negro supermassivo em uma galáxia conhecida como M87 em seu disco de acreção, a matéria que gira em torno de um buraco negro

O que significa

É a primeira vez que vemos isso. Foi necessária uma rede de telescópios que abrangesse o globo para capturar isso. Para reiterar: é a primeira foto real, não uma simulação, de um buraco negro.

Mais detalhes, traduzido de sciencenews.org:

A primeira foto de um buraco negro
NO ABISMO A primeira imagem de um buraco negro mostra um anel brilhante com um ponto central escuro. Esse anel é um disco brilhante de gás orbitando o gigante supermassivo da galáxia M87, e o ponto é a sombra do buraco negro.

Isto é o que um buraco negro parece.

Uma rede de telescópios de abrangência mundial, chamada de Telescópio Event Horizon, ampliou o monstro supermassivo da galáxia M87 para criar essa primeira imagem de um buraco negro.

“Vimos o que pensávamos ser invisível. Vimos e tiramos uma foto de um buraco negro ”, disse Sheperd Doeleman, diretor do EHT e astrofísico do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian em Cambridge, Massachusetts, em 10 de abril em Washington, DC, em uma das sete conferências de imprensa simultâneas. Os resultados também foram publicados em seis artigos no Astrophysical Journal Letters.

“Estamos estudando buracos negros há tanto tempo, às vezes é fácil esquecer que nenhum de nós viu um”, disse France Córdova, diretor da National Science Foundation, na entrevista coletiva em Washington, D.C. Vendo um “é uma tarefa hercúlea”, disse ela.

Isso porque os buracos negros são notoriamente difíceis de ver. Sua gravidade é tão extrema que nada, nem mesmo a luz, pode escapar através do limite na borda de um buraco negro, conhecido como horizonte de eventos. Mas alguns buracos negros, especialmente os supermassivos que habitam os centros das galáxias, destacam-se por acumular vorazmente discos brilhantes de gás e outros materiais. A imagem EHT revela a sombra do buraco negro do M87 em seu disco de acréscimo. Aparecendo como um anel difuso e assimétrico, ele revela pela primeira vez um abismo negro de um dos objetos mais misteriosos do universo.

“Tem sido um tal acúmulo”, disse Doeleman. “Foi apenas espanto e admiração… saber que você descobriu uma parte do universo que estava fora dos limites para nós.”

Mais detalhes

Compare nessa imagem a foto (esquerda) com a simulação (centro). Com a simulação borrada para se aproximar ao efeito causado pela absurda distância ao telescópio, vemos a incrível semelhança que as imagens têm, sendo forte confirmação da Teoria da Relatividade Geral.

Comparação da foto de buraco negro com uma simulação em computador.

“No geral, a imagem observada é consistente com as expectativas para a sombra de um buraco negro de Kerr girando como previsto pela relatividade geral.”

First M87 Event Horizon Telescope Results. V. Physical Origin of the Asymmetric Ring

Deixe um comentário

pt_BRPortuguese
en_USEnglish pt_BRPortuguese